Cuiabá, 17 de Maio de 2024
Notícia Max
17 de Maio de 2024

CIDADES Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016, 09:22 - A | A

Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016, 09h:22 - A | A

TRANSPLANTES

Em Mato Grosso, recusa familiar para doação de órgãos chega a 75%

Da Redação

Divulgação

 

O estado de Mato Grosso realizou no primeiro semestre deste ano 55 transplantes. Com o objetivo de ampliar cada vez mais o número de doadores de órgãos no país, o Ministério da Saúde lançou na semana passada a campanha nacional de doação de órgãos no espaço Casa Brasil, no Rio de Janeiro. Com o slogan “Viver é uma grande conquista. Ajude mais pessoas a serem vencedoras”, a campanha é estrelada por atletas transplantados em alusão aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016. 

Embora o país tenha avançado muito nos últimos anos, a taxa de aceitação familiar foi de 56% nesse primeiro semestre. Em Mato Grosso, a recusa das famílias está em 75%, isso quer dizer que quase a totalidade das famílias ainda rejeita a doação de órgãos de um parente com diagnóstico de morte encefálica.

Enquanto isso, cerca de 220 pacientes mato-grossenses encontram-se na lista de espera por um transplante córnea. Já a Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou que trabalha para reativar o serviço de transplante renal no Estado. Para isso, está em fase o processo de contratualização com o Hospital Santa Rosa, em Cuiabá, que fará os procedimentos. 

Quanto aos demais tipos de transplantes, os pacientes são encaminhados para outros Estados. Neste caso, a SES custeia a passagem e a ajuda de custo, que são ofertados pelo tratamento fora de domicilio (TFD), 

Atualmente, 89% dos transplantes de órgãos sólidos são realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), tornando o país referência mundial no campo dos transplantes e maior sistema público do mundo.

 

 

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários