Cuiabá, 24 de Junho de 2024
Notícia Max
24 de Junho de 2024

CIDADES Segunda-feira, 14 de Junho de 2021, 08:06 - A | A

Segunda-feira, 14 de Junho de 2021, 08h:06 - A | A

CONTRA A COVID-19

Emanuel externa preocupação com baixa procura pela vacina

Cerca de 40% das pessoas que realizam os agendamentos não comparecem aos polos para se imunizarem

Nathany Gomes - Especial para o Notícia Max

A vacinação contra a covid-19, que até meados do ano passado, quando a pandemia da Covid atingiu o Estado, era um dos sonhos mais cobiçados pela população, hoje tem se transformado em motivo de preocupação por parte dos gestores, em especial do prefeito da Capital, Emanuel Pinheiro (MDB). Isto porque, segundo dados do Executivo Municipal, cerca de 40% das pessoas que realizam os agendamentos não comparecem aos polos para se imunizarem.

Durante entrevista à imprensa, na semana passada, o emedebista afirmou desconhecer o real motivo do alto índice de faltas nos postos.

“Temos uma média de 40 a 50% de pessoas que agendam e não comparecem principalmente dos grupos prioritários. É um fenômeno. A gente ainda precisa entender melhor, não sei se é o chamado jeitinho brasileiro, deixar mais pra frente, última hora, mas tem sido uma coisa que nos preocupa muito”, disse.

Conforme a Secretaria Municipal de Saúde, a presença dos agendados aos finais de semana tem sido baixíssima e desde o início da vacinação até agora, os grupos de pessoas com comorbidades já contabilizam mais de cinco mil ausências.

Atualmente, o município conta com seis polos de vacinação, sendo estes localizados na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Centro de Eventos do Pantanal, Senai – avenida XV de Novembro, Assembleia Legislativa, Sesi Papa e Sesc Balneário. A média de atendimento diária varia de 700 a 1.200 pessoas.

Conforme Emanuel, a quantidade no momento é suficiente para atender a população cuiabana e afirmou que a abertura de novos polos depende do aumento no envio de doses para Cuiabá.

“O problema não são os polos, até porque com a quantidade de vacinas não temos como abrir em todos os lugares. Agora, se vier as vacinas que estamos pleiteando em compensação para o município, em razão de ser uma das sedes da Copa América, vamos pulverizar em todas as regiões da cidade, mais próximo possível de todos os lares”, elencou.

Como providência para evitar um possível atraso na abertura do cadastro para outros grupos prioritários, a Pasta tem adotado uma postura mais firme perante os faltosos. A partir de agora, aqueles que não se apresentarem no dia e horário marcado, serão redirecionados para o final da fila e terão que aguardar novamente.

De acordo com o Vacinômetro – painel que informa sobre a quantidade de imunizantes, desde o início da vacinação até o último dia 5 deste mês, a Capital recebeu para aplicação da primeira dose 165.739 vacinas. Para segunda - reservadas, 83.439 e aplicou 213.279.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários