Cuiabá, 23 de Maio de 2024
Notícia Max
23 de Maio de 2024

CIDADES Quarta-feira, 06 de Julho de 2016, 10:31 - A | A

Quarta-feira, 06 de Julho de 2016, 10h:31 - A | A

CARAVANA DA TRANSFORMAÇÃO

Mais de 2 mil cirurgias oftalmológicas serão realizadas na primeira edição

Redação

A primeira edição da Caravana da Transformação realizará mais de duas mil cirurgias de catarata e pterígio em pacientes de 11 municípios. O evento será realizado em Barra do Bugres (168 km a Médio-Norte de Cuiabá), entre os dias 11 e 17 de julho.

 

Na terça-feira (05.07), foi realizada uma reunião entre Casa Civil, Secretaria de Estado de Saúde (SES), Secretaria de Estado de Cidades (Secid), Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e representantes dos 11 municípios atendidos na edição da Caravana, para debater sobre o evento. O encontro foi realizado no Parque de Exposições de Barra do Bugres.

 

Segundo o secretário adjunto da Casa Civil, Werley Peres, todas as regiões do estado sediarão a caravana, sendo que a edição de 2016 focará nos exames e cirurgias oftalmológicas. Conforme o secretário, a expectativa é que mais de 5,6 mil atendimentos sejam realizados, 2,1 mil pessoas sejam operadas e mais de mil pacientes deixem a cegueira.

 

O Governo do Estado contratou uma empresa que levará quatro caminhões com equipamentos para o local, sendo que um será destinado para as cirurgias e outro apenas para acompanhamento ambulatorial. Por volta de 80 profissionais realizarão 800 consultas por dia e as unidades contarão com uma capacidade de realizar até 300 cirurgias diárias.

 

“Será dada prioridade a pacientes com mais de 55 anos. Eles serão atendidos e reavaliados. Nos casos em que forem diagnosticadas outras doenças, os pacientes serão regulados para realizar o procedimento em outra data”, explicou Werley Peres.

 

Para os pacientes que moram em municípios muito distantes, ou que moram em regiões com estradas de terra, a prefeitura de Barra do Bugres irá oferecer um alojamento especial, com acompanhando médico para as 24 horas iniciais após a cirurgia, período considerado mais delicado do procedimento.

 

Conforme o secretário municipal de Saúde de Barra do Bugres, Egberto Balsalobre Barros, os pacientes passarão pela consulta e caso seja diagnosticada a necessidade de cirurgia, o procedimento deverá ser realizado em até 48 horas. “Os pacientes serão avaliados 24 horas depois da cirurgia, sete dias depois serão reavaliados e após um mês farão a consulta final para assegurar que o procedimento tenha sido executado perfeitamente”.

 

De acordo com o secretário municipal de Saúde de Tangará da Serra, Itamar Martins, o munícipio conta com 200 pessoas reguladas para fazer a cirurgia, porém a prefeitura tem capacidade de enviar somente 30 pacientes por mês a Cuiabá para realizar o procedimento. Com a Caravana, a fila para cirurgias de catarata e pterígio deverão ser zeradas.

 

O Sindicato Rural de Barra do Bugres foi responsável por limpar, organizar e ceder o Parque de Exposições. Conforme o presidente do Sindicato, Cidimar Luiz Sansão, a entidade e o Grupo Barralcool também estão estudando uma forma de fornecer apoio logístico para a realização da Caravana. “Assim como o Governo não quer deixar nenhum mato-grossense para trás, nós também não queremos deixar ninguém. Por isso ajudamos no que podemos”.

 

Áreas de atuação

 

Além dos atendimentos oftalmológicos, a Caravana da Transformação terá os dias “D” com uma série de serviços oferecidos à população, nos dias 16 e 17 de julho. Um exemplo são as consultas e orientações sobre a hanseníase, doença com alto índice de incidência no estado.

 

Os moradores também poderão fazer o cadastro e confecção do Cartão SUS, 2ª via de certidões (nascimento, casamento, óbito), Carteira de Trabalho, Carteira de Pescador Amador, CPF, CadÚnico, Carteira de Identidade, foto 3x4, declaração de hipossuficiência, serviço de referência e contrarreferência para a rede de proteção social, inscrição em cursos de capacitação, intermediação de mão de obra e embelezamento.

 

Serão oferecidas oficinas com os seguintes temas: Postura no mercado de trabalho, sensibilização para o trabalho, orientação aos pais (conflitos familiares), programa de economia criativa, políticas culturais – mapas culturais, sistema estadual de cultura e marco regulatório das organizações da sociedade civil, primeiros socorros e atendimento a acidente doméstico, resistência ao uso de drogas e prevenção ao uso de drogas lícitas e ilícitas.

 

A Caravana da Transformação ainda realizará serviços complementares de educação para o consumo, processos de segurança, boletim de ocorrência, assistência rural, proteção social, emissão de declaração de hipossuficiência, orientação jurídica, oferta de crédito, fotocópias e plastificação de documentos.

 

Parceiros

 

Para realizar o projeto, o Governo do Estado conta com diversos parceiros divididos em duas modalidades. Os parceiros fixos são: WWF Brasil, Senar, Senac, Senai, Incra, Defensoria Pública. Os órgãos do Estado envolvidos são: Unemat, Procon-MT, Samu, MTI, MT Fomento, Intermat, Empaer e Detran-MT.

 

Cada edição contará com parceiros regionais. Nesta edição, a Caravana da Transformação contará com o apoio do Sindicato Rural de Barra do Bugres, Projeto Inclusão Literária, Galvan – Escola de Cabelereiro e Grupo Barralcool.

 

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários