Cuiabá, 19 de Maio de 2024
Notícia Max
19 de Maio de 2024

ECONOMIA Terça-feira, 12 de Julho de 2016, 07:00 - A | A

Terça-feira, 12 de Julho de 2016, 07h:00 - A | A

52ª Expoagro

Novo formato, com foco na parte técnica, tem saldo positivo

Max Milas

Max Milas

 

A maior feira agropecuária, industrial e comercial de Mato Grosso, a 52ª Expoagro – Inovadora, realizada de 2 a 10 de julho, no Parque de Exposições Senador Jonas Pinheiro, teve o saldo positivo de muito aprendizado. O público que se fez presente pôde conferir o melhor da tecnologia agrícola com empresas voltadas ao agronegócio, sustentabilidade, mobiliárias e concessionária de automóveis.

Este ano a exposição teve um diferencial. Ela foi mais técnica, voltada para o produtor e para os grandes empresários do ramo do agronegócio, visando fechar negócios e apresentar o que há de mais moderno no segmento para pequenos, médios e grandes agricultores. 

Destaque-se a realização do primeiro Fórum das Cadeias Produtivas foi um dos desafios a serem encarados com o novo formato. O fórum trouxe debates de tecnologia, inovações, tendências de mercado e produtos, resultados de pesquisas e painéis por meio de palestras, oficinas técnicas e workshops com a participação de figuras renomadas no cenário nacional.

Na avaliação do presidente do Sindicato Rural de Cuiabá, Ricardo Arruda, o novo formato da Expoagro, voltada para o agronegócio, foi bastante produtivo. “Estamos felizes com a repercussão e resultados alcançados. Uma feira que saiu do foco voltado ao entretenimento, a festa, trazendo a questão de qualificação técnica, através de cursos, palestras, oficinas e várias ações permitindo a realização de negócios ao público”, afirma Ricardo Arruda.O presidente do sindicato pontuou ainda que existem vários ajustes a serem feitos, mas acredita estar no caminho certo na implantação desse novo modelo de feira. 

Outro ponto de destaque foi a mini propriedade rural com tecnologias recomendadas para a agricultura familiar. Numa área de 1.700 metros quadrados foram construídos canteiros com hortaliças, frutíferas, feijão, arroz, milho, trigo, mandioca, plantas medicinais, flores tropicais, hidroponia, criação de peixe e outros, além de oficinas do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT). Ao todo, foram 35 oficinas e cinco vitrines.

 

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários