Cuiabá, 18 de Maio de 2024
Notícia Max
18 de Maio de 2024

ECONOMIA Sexta-feira, 26 de Agosto de 2016, 08:49 - A | A

Sexta-feira, 26 de Agosto de 2016, 08h:49 - A | A

13º SALÁRIO

Saiba como ganhar até 30% a mais com o seu 13º do INSS

R7

REPRODUÇÃO

 

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) começa, nesta quinta-feira (25), o pagamento da primeira parcela do 13º benefício para aposentados e pensionista. O dinheiro extra pode render até 11%, acima da inflação, se for bem aplicado durante um ano. Na caderneta de poupança, a modalidade mais popular de investimento garantiria cerca de 8,5% de rentabilidade.

 

No Tesouro Direto, aplicação em títulos do governo, a previsão de rendimento é de 11%. No CDB, é 10,5%, e nos fundos de renda fixa, os aposentados irão tirar 10% de lucro, se guardarem o abono por 12 meses.

 

Para cada R$ 1.000 investidos no Tesouro Direto, o segurado do INSS teria um rendimento de R$ 110, enquanto na poupança o rendimento seria de R$ 85, de acordo com os cálculos feitos pelo economista Roberto Troster, do Cofecon (Conselho Federal de Economia). "A poupança é mais simples, mas paga menos. O momento está bom para comprar ações, se o cidadão estiver disposto a arriscar. O preço está baixo e ele pode ter uma surpresa positiva", disse.

 

A diferença de ganhos entre o Tesouro Direto e a poupança é de 29,4%. Mas vale ressaltar que as projeções de rentabilidade feitas por Troster são estimativas. "O valor exato vai depender de como evoluírem a TR (taxa referencial), a inflação e a Selic [a taxa básica de juros]. O cálculo dá uma ideia aproximada do que poderia ser o rendimento já líquido de impostos", disse. Veja mais exemplos de quanto vai render o dinheiro no quadro abaixo.

 

Valores

 

Em média, o INSS paga R$ 1.159,57 para cada aposentadoria. No mês de pagamento do 13º, o valor sobe para R$ 1.739,35. No entanto, a maioria dos favorecidos deve receber abaixo da média. De cada dez beneficiários, seis recebem um salário mínimo (R$ 880), neste caso, o valor do abono será de R$ 440. Para quem recebe o piso do INSS e tem cartão com final de 1 a 5, o pagamento será feito entre os dias 25 e 31 de agosto.

 

Do total de 28,8 milhões de beneficiários, cerca de cinco milhões recebem entre um salário mínimo e R$ 1.760, sem considerar o abono, e vão receber o crédito a partir do dia 1º de setembro. Segundo o INSS, 9% dos favorecidos, aproximadamente 2,6 milhões de pessoas, recebem entre R$ 1.760,01 e R$ 2.640.

 

Só é pago o 13º benefício quem recebe aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade do INSS. Os demais benefícios, como o LOAS (Lei Orgânica de Assistência Social), não dão direito ao abono. A segunda parcela do abono será paga no final de novembro e início de dezembro.

 

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários