Cuiabá, 18 de Maio de 2024
Notícia Max
18 de Maio de 2024

POLÍCIA Quarta-feira, 23 de Novembro de 2016, 09:02 - A | A

Quarta-feira, 23 de Novembro de 2016, 09h:02 - A | A

AFOGADO ATÉ DESMAIAR

Ex-aluno denuncia tenente por tortura

Gazeta Digital

REPRODUÇÃO

 

Jovem de 27 anos que também foi torturado pela tenente Bombeiro Isadora Ledur depõe em inquérito da Polícia Civil que apura a morte do aluno Rodrigo Patrício Lima Claro, 21. Ele confirma que também passou por sessões de afogamentos, comandados pela oficial que ministrava o curso e que chegou a perder a consciência na água.

 

Relata em detalhes a sessão de tortura, com afogamentos na mesma Lagoa Trevisan. Foi retirado da água por colegas. As últimas imagens que se lembra, antes de perder os sentidos, eram de palavras implorando que a tenente “acabasse logo com aquilo”.

 

Foi quando chegou a segurar ela pelos braços implorando, fato que provocou ainda mais a ira da oficial, que disse: “Você está louco aluno, encostando em tenente?” Em seguida Ledur puxou novamente o aluno pela corda que o segurava e o afundou mais uma vez. Só parou quando ele “apagou”.

 

Declarações foram dadas à Delegada Juliana Chiquito Palhares, que preside o inquérito pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

 

No último treino que fez com que abrisse mão do sonho de se tornar um bombeiro, depois de superar várias etapas do concurso. No depoimento diz que além de afogar o aluno, a tenente ainda o humilhou diante do restante da turma, com palavras de baixo calão e xingamentos.

 

Garante que as torturas são rotinas em treinamentos, como ele mesmo experimentou.

 

Em relação as novas denúncias, o comandante da corporação coronel bombeiro Júlio Cezar Rodrigues, disse que tomou conhecimento pela imprensa e garantiu que tudo será alvo de apuração do Inquérito Policial Militar (IPM).

 

Lamenta, contudo, o fato de a tenente, sob investigação por tortura, estar sendo condenada pelas redes sociais antes mesmo do fim da apuração. Segundo ele, conforme a Constituição, qualquer pessoa é inocente, até que seja concluída a apuração sobre os crimes a ela atribuídos.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários