Cuiabá, 13 de Junho de 2024
Notícia Max
13 de Junho de 2024

POLÍCIA Quinta-feira, 13 de Maio de 2021, 10:31 - A | A

Quinta-feira, 13 de Maio de 2021, 10h:31 - A | A

AVALIADO EM R$ 450 MIL

Polícia recupera equipamento furtado de empresa

O equipamento foi localizado em um comércio que fornece serviços de internet em Várzea Grande

Redação

Um equipamento de fornecimento de internet por fibra ótica furtado de uma empresa de telefonia e avaliado em R$ 450 mil foi recuperado pela Polícia Civil, nesta terça-feira (12.05), em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG).

O equipamento foi localizado em uma empresa que fornece serviços de internet em Várzea grande com aproximadamente 600 clientes na cidade.

A recuperação ocorreu após a equipe de policiais da Derf-VG receber denúncia de que o equipamento furtado no último dia 09 de maio estava em um comércio na em Várzea Grande. Imediatamente, os policiais foram apurar a denúncia encontrando o equipamento da empresa de telefonia no estabelecimento.

O proprietário do comércio colaborou com os investigadores, indicando o nome da pessoa que deixou o equipamento no local e disse que estava esperando ser apresentada a nota fiscal do produto para depois colocar a venda, comprar ou utilizar o equipamento.

Com base nas informações passadas, os policiais foram até a residência do suspeito onde ele foi localizado. Questionado, ele confirmou que furtou o referido equipamento da empresa de telecomunicações.

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido a Derf-VG e após interrogado pelo delegado André Eduardo Ribeiro, irá responder pelo crime de furto qualificado pelo rompimento de obstáculos, podendo pegar pena de dois a oito anos de reclusão.

“O equipamento é usado por uma empresa terceirizada para fornecimento de Internet por fibra ótica e não são vendidos em comércios, vindo de fábrica direto para empresa, o que facilita a sua identificação”, explicou o delegado.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários