Cuiabá, 21 de Maio de 2024
Notícia Max
21 de Maio de 2024

POLÍCIA Quarta-feira, 20 de Julho de 2016, 15:23 - A | A

Quarta-feira, 20 de Julho de 2016, 15h:23 - A | A

VIOLÊNCIA NA ZONA RURAL

Quadrilha invade fazenda em MT, coloca fogo em casa

PM diz que ladrão foi morto após discussão com comparsas ou tiro acidental. Moradores, entre eles uma criança, se trancaram em banheiro com medo.

G1-MT

Reprodução

CASA1

 

Uma quadrilha invadiu uma fazenda na região do Distrito de Cangas, no município de Poconé, a 104 km de Cuiabá, e aterrorizou uma família na noite desta terça-feira (19). Segundo a Polícia Militar, assaltantes encapuzados e armados renderam quatro pessoas que estavam na propriedade rural. Com medo, as vítimas se trancaram em um dos cômodos da casa. Durante o assalto os criminosos atearam fogo na residência. Depois que os ladrões fugiram, a família encontrou um assaltante morto no local.

A Polícia Civil investiga o caso, no entanto, os suspeitos não foram identificados ou presos até esta quarta-feira (20). Entre as vítimas que foram rendidas estava uma criança de 11 anos, filho do casal que mora na fazenda. Nenhum dos moradores se feriu. De acordo com o subcomandante da PM em Poconé, major Hender Ulisses da Silva, o assaltante teria sido morto durante uma discussão ou possivelmente após um tiro acidental feito pelos próprios comparsas.

“Esse bando chegou na fazenda e rendeu o caseiro. Foram até a casa principal, no gerente da fazenda, e dispararam na casa inteira. A família ficou em um dos cômodos e se trancou no banheiro. Eles queriam joias, caminhonete e dinheiro”, disse o major ao G1. Os assaltantes usavam camisetas enroladas nas cabeças para cobrirem os rostos.

Conforme a PM, uma das vítimas conseguiu sair do local e chamar a polícia. Quando os policiais chegaram nessa propriedade os criminosos já tinham desaparecido. “Eles acharam um combustível nessa casa e atearam fogo. Não sabemos se foi para ocasionar a morte dessas vítimas ou para evitar que reagissem. Posteriormente a família saiu e encontrou um dos bandidos já sem vida. Ao que parece foi um roubo, mas eles perderam a noção do que estavam fazendo”, declarou o major.

O suspeito, que não estava com documentos de identidade, estava com uma perfuração de tiro na região do tórax. O corpo dele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). Uma arma, que teria sido usada pela quadrilha, também foi deixada no local e apreendida pela polícia.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários