Cuiabá, 13 de Junho de 2024
Notícia Max
13 de Junho de 2024

POLÍTICA & PODER Terça-feira, 15 de Junho de 2021, 11:48 - A | A

Terça-feira, 15 de Junho de 2021, 11h:48 - A | A

HOSPITAIS FILANTRÓPICOS

Dr. Luiz Fernando cobra secretária de Saúde sobre atrasos

A Audiência Pública foi requerida pela Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social e foi presidida pelo vereador Dr. Luiz Fernando

Assessoria

O vereador Dr. Luiz Fernando (Republicanos) cobrou a secretária de Saúde, Ozenira Félix, na Audiência Pública, realizada na sexta-feira (11), sobre os atrasos de verbas que deveriam ser repassados aos hospitais filantrópicos, além do posicionamento da investigação dos medicamentos vencidos.

A Audiência Pública foi requerida pela Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social e foi presidida pelo vereador Dr. Luiz Fernando.

Na ocasião, foi apresentado o relatório referente ao primeiro quadrimestre de 2021, pelo gestor do Sistema Único de Saúde (SUS), conforme determina o artigo 36§5º da Lei Complementar Nº 141 de 13 de janeiro de 2012.

Além do vereador Dr. Luiz Fernando, outros vereadores também estiveram presentes e puderam esclarecer suas dúvidas com a equipe da Saúde.

“O atraso do repasse dos hospitais filantrópicos é um caso sério. Muitas pessoas dependem desses atendimentos. Temos o caso do Hospital do Câncer, Instituto Lions, por exemplo, que já se somam três folhas novamente, além do Santa Helena e do Hospital Geral”, lamentou vereador.

Além de outro ponto muito questionado, seria a prorrogação da validade do contrato com a empresa Norge Pharma, que administra o Centro de Distribuição de Medicamentos e Insumos de Cuiabá (CDMIC).

“O fato é grave então porque renovar o contrato com a mesma empresa? A secretária alegou que não pode desfazer contratos porque existem cláusulas para serem cumpridas, porém, a população merece um esclarecimento melhor sobre o caso”, pontuou.

A administradora do Hospital do Câncer, Silvia Negri, explicou, porém, que desde março, a unidade não recebe repasses da Prefeitura. O valor para ser pago seria de R$ 3 milhões, porém, o valor recebido foi de R$ 2.274.301,44.

O repasse deveria ser como prevê a PORTARIA Nº 2.617, DE 1º DE NOVEMBRO DE 2013, Art. 3º, Parágrafo II.

“A nossa folha de pagamento está em dia, paga até o 5º dia útil. Mas, a última competência recebida foi referente ao mês de março de 2021. Mas, o que precisamos avaliar é que o câncer não para. Mesmo em meio à pandemia, o Hospital atende munícipes do estado e realizou no 1º quadrimestre de 2021 mais de 22.800 atendimentos e cerca de 1.480 internações, 1.370 cirurgias, 9.550 sessões de quimioterapia e 6.965 sessões de radioterapia. Então, com tudo isso exposto, o Hospital possui um déficit de mais de R$ 2 milhões por mês, em média. Estamos com dificuldades de pagar fornecedores de medicamentos, oxigênio e outros. E, precisamos o quanto antes receber essas verbas para quitar as dívidas”, finalizou.

Sobre o Instituto Lions, o vereador cobrou anteriormente o repasse de quatro folhas que estavam em atraso por parte da Prefeitura Municipal de Cuiabá. Porém, agora já se acumulam novas folhas de repasses sem pagamento.

De acordo com o diretor de relações públicas e institucionais, Jeferson Barbosa, atualmente a unidade oferece 100 atendimentos entre consultas oftalmológicas diárias e de 35 a 50 procedimentos cirúrgicos.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

1 Comentários


Odinei 15/06/2021

Que bom q temos um vereador médico na Câmara municipal, alguém q conhece de perto as dificuldades q a população q depende SUS passa, e tem vontade de trabalhar p mudar essa realidade. Parabéns ver. Dr Luiz Fernando. ????

1 comentários