Cuiabá, 24 de Junho de 2024
Notícia Max
24 de Junho de 2024

POLÍTICA & PODER Segunda-feira, 17 de Maio de 2021, 08:16 - A | A

Segunda-feira, 17 de Maio de 2021, 08h:16 - A | A

MEDICAMENTOS VENCIDOS

Dr. Luiz Fernando diz que haverá equilíbrio nos trabalhos da CPI

Vereador aponta que todos os parlamentares teriam capacidade para compor a Comissão Parlamentar de Inquérito

Valdemar Félix

Independente de ser base ou oposição, os 25 vereadores têm capacidade de participarem da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga a questão referente aos remédios com prazo de validade vencido encontrados no Centro de Distribuição de Medicamentos e Insumos da Capital. É o que afirma o vereador e presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal, Dr. Luiz Fernando Amorim (Republicanos), ao responder a críticas devido a base do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) estar à frente da presidência e relatoria da Comissão.

“Quem apresentou foi o Lilo Pinheiro, um vereador da base, já a questão da relatoria, inclusive coloquei meu nome à disposição, e também o coronel Paccola, e o que ficou decidido foi que os partidos com maior bancada, e nesse caso é o PV e o Cidadania e em terceiro estamos nós do Republicanos, que teriam preferência a concorrer nessa vaga da relatoria, e foi decidido pela maioria que ficasse nas mãos do Marcus Brito, com o Paccola na suplência”, explicou, durante entrevista à Rádio CBN Cuiabá.

Dr. Luiz disse que acredita que haverá um equilíbrio nos trabalhos da CPI, que terá 120 dias para emitir um relatório de clareza, não apenas para a Câmara, mas principalmente para a população cuiabana, destacando que o caso também é alvo dos órgãos de controle.

“O trabalho será feito em conjunto com a Deccor (Delegacia de Combate à Corrupção), com o Tribunal de Contas, e se é uma empresa terceirizada, que tenha o contrato de realizar a logística e distribuição, evitando que esses medicamentos sejam vencidos, então onde é que está esse contrato? Quando foi feito essas compras? Se foi na gestão da secretária Ozenira Félix, inclusive pode ter medicamento vencido desde a gestão anterior a do prefeito Emanuel”, aponta Dr. Luiz, destacando a grande quantidade de medicamentos no local.

Dr. Luiz ainda diz que fará questão de acompanhar todos os passos da CPI, os desfechos das investigações, para que ele e sua equipe possam somar em prol da transparência que é o que, ele diz, a população procura.

Ele ainda defendeu a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito, descartando um possível uso político da mesma, lembrando que são três CPIs em funcionamento na Casa, com uma apurando os contratos da Prefeitura desde o ano de 2013.

“Todos os contratos serão apurados dentro dessa CPI, inclusive o caso recente envolvendo a Semob, a questão dos semáforos. Mas realmente pode se dar palco a algumas questões políticas, mas vejo que a população hoje já tem uma visão, ela votou em 2020 de forma muito mais consciente, acompanha os trabalhos do parlamentar e não adianta hoje fazer um trabalho pro sensacionalismo, temos que fazer sim um trabalho coeso”, finalizou.

 

 

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários