Cuiabá, 19 de Maio de 2024
Notícia Max
19 de Maio de 2024

POLÍTICA & PODER Quinta-feira, 16 de Junho de 2016, 11:02 - A | A

Quinta-feira, 16 de Junho de 2016, 11h:02 - A | A

PAIAGUAS

Reforma administrativa terá cortes de gabinetes, secretaria e fundos

Da Redação

Divulgação

 

A nova reforma administrativa do Poder Executivo deverá extinguir 30 fundos dos 57 fundos existentes no Estado, além de reduzir gabinetes, secretarias e autarquias. Apenas Gabinete  de Comunicação (Gcom) e o Gabinete de Transparência e Combate à Corrupção (GTCC) serão mantidos.

De acordo com o secretário de Educação, Marco Marrafon, que continua a frente dos trabalhos da reforma no governo, “a grande ordem da reforma agora é desburocratizar para agilizar os procedimento. Estamos buscando simplificar os  fluxos e também tornar mais inteligente a parte de estruturação do Estado”.

Marrafon anunciou ainda que serão extintos os gabinetes de Assuntos Estratégicos (GAE), comandado por Gustavo Oliveira, e de Desenvolvimento Regional, liderado por Eduardo Moura. As funções do GAE serão vinculadas à Secretaria de Planejamento, enquanto as ações do Desenvolvimento Regional serão incorporadas à Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec).

Após a segunda etapa da reforma administrativa, Eduardo Moura assumirá a presidência da Agência Reguladura dos Serviços Delegados (Ager). Gustavo Oliveira também será mantido no staff, mas a nova função ainda não foi definida. 

A expectativa do governo é que os cortes de pessoal proporcionados com esse remanejamento ajudem o Estado a voltar para o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

 

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários