Cuiabá, 25 de Junho de 2024
Notícia Max
25 de Junho de 2024

CIDADES Quinta-feira, 23 de Maio de 2024, 08:53 - A | A

Quinta-feira, 23 de Maio de 2024, 08h:53 - A | A

várzea grande

GM realiza pedal "Maio Amarelo" em prol das vítimas das enchentes do RS

Cada participante deverá doar 5 kg de alimentos não perecíveis

Da Redação

A Guarda Municipal de Várzea Grande está promovendo um pedal solidário, o "Maio Amarelo", que ocorrerá no dia 30 de maio (quinta-feira, feriado de Corpus Christi), em prol das vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul.

O evento está programado para iniciar às 19h30, com ponto de partida na Praça Municipal Sarita Baracat. A ação visa coletar alimentos não perecíveis, que serão enviados para o governo do Rio Grande do Sul, responsável pelo atendimento e distribuição de donativos às vítimas. Além disso, busca despertar a conscientização para a Paz no Trânsito, através da Campanha "Maio Amarelo".

Todos os ciclistas de Várzea Grande e região são convidados a participar, especialmente os cerca de mil ciclistas que já fazem parte do grupo Pedal da Guarda Municipal. A ideia é que cada participante doe 5 kg de alimentos não perecíveis, como arroz, feijão, lentilha, grão-de-bico, macarrão, óleo, entre outros.

"O nosso propósito inicial é colaborar de alguma forma com os desabrigados do Rio Grande do Sul na arrecadação de alimentos. Neste momento crítico, em que vivem milhares de famílias, o alimento é fundamental. Já a Campanha 'Maio Amarelo', cujo lema deste ano é 'Paz no trânsito começa por você', tem como proposta lembrar que todos — motoristas, passageiros, ciclistas ou pedestres — têm a responsabilidade de garantir a segurança uns dos outros. Além disso, queremos incentivar cada vez mais a prática esportiva com um passeio ciclístico seguro, promovendo a qualidade de vida e a conscientização com o meio ambiente, respeito ao trânsito acima de tudo. Por isso, solicitamos que cada participante leve 5 kg de alimentos não perecíveis. Cada segmento fazendo sua parte, a comida não vai faltar nas mesas dos desabrigados. Será um evento de alerta e solidariedade, tanto para a 'Paz no Trânsito' quanto para a doação", disse o coordenador do Pedal da Guarda, GM Juliano Bezerra Lemos.

O secretário Municipal de Defesa Social, Cel Alessandro Ferreira da Silva, afirmou que o evento "Maio Amarelo" é um alerta sobre as Leis de Trânsito para evitar mortes e acidentes. "Mais que um gesto de solidariedade, é um gesto de humanidade, pois é impossível não nos solidarizarmos com a dor e sofrimento daqueles irmãos brasileiros que estão no Rio Grande do Sul. Sabemos que, neste momento, toda ajuda é bem-vinda. Vamos arrecadar alimentos não perecíveis e encaminhá-los o mais rápido possível ao governo do Rio Grande do Sul", disse ele.

Segundo Juliano, será um pedal normal, por isso cada participante deve levar, como de costume, seus pertences, como água e câmara reserva. É obrigatório o uso de todos os equipamentos de segurança, como capacete, óculos e luvas, para a segurança individual de cada um.

As inscrições poderão ser feitas nos seguintes pontos: loja Ciclo Rabelo localizaco na Avenida Júlio Campos em Várzea Grande, na Auto Escola Dorado localizada na Avenida Filinto Müller, bairro Centro Sul em Várzea Grande, na loja Armazen.com localizada na Avenida 8 de Abril, nº 60 no bairro Porto em Cuiabá e também no Pedal da Guarda às quintas-feiras.

Sobre o "Maio Amarelo", Juliano explica que tem relação com as placas de sinalização de trânsito, que indicam atenção e precaução. Durante todo o mês de maio, diversas atividades são realizadas em todo o mundo com o propósito de orientar motoristas, ciclistas, pedestres e passageiros sobre a importância de respeitar as leis de trânsito e adotar medidas que possam contribuir para a redução de acidentes e mortes.

Dados da Guarda Municipal apontam que os acidentes envolvendo motoboys são uma preocupação frequente devido ao crescente número de motociclistas que circulam pelas ruas e avenidas durante o dia todo realizando entregas.

"Alguns dos principais riscos a que esses trabalhadores estão expostos englobam colisões com outros veículos, quedas da moto, atropelamentos, além de exposição a fatores como poluição sonora, do ar e vibrações, que podem ter efeitos prejudiciais à saúde a longo prazo. Além disso, muitas pessoas sofrem lesões graves ou permanentes em acidentes de trânsito, o que impacta não apenas a vida delas, mas também de suas famílias e da sociedade como um todo. É necessário adotar comportamentos seguros no trânsito, como respeitar os limites de velocidade, não dirigir sob efeito de álcool ou drogas, usar o cinto de segurança, cumprir as leis de trânsito e estar atento às condições das vias", concluiu ele.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários