Cuiabá, 14 de Julho de 2024
Notícia Max
14 de Julho de 2024

ECONOMIA Quarta-feira, 10 de Julho de 2024, 14:52 - A | A

Quarta-feira, 10 de Julho de 2024, 14h:52 - A | A

agroindustrialização

Fiemt recebe empresa chinesa que projeta instalação de indústria em Mato Grosso

A visita teve como objetivo principal discutir a possibilidade de instalação de uma indústria de fermentação biológica destinada à produção de aminoácidos a partir do milho. O projeto prevê um investimento de aproximadamente US$ 400 milhõe

Fiemt

A Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt) recebeu, nesta terça-feira (09.07), representantes da empresa chinesa Fufeng Group Limited, líder global em biofermentação, com foco em produtos de nutrição animal, alimentos, bebidas, fármacos, entre outros.

A visita teve como objetivo principal discutir a possibilidade de instalação de uma indústria de fermentação biológica destinada à produção de aminoácidos a partir do milho. O projeto prevê um investimento de aproximadamente US$ 400 milhões, ou seja, cerca de R$ 2 bilhões, com capacidade para processar 660 mil toneladas de milho por ano, contribuindo para o desenvolvimento econômico do estado.

Para Silvio Rangel, presidente do Sistema Fiemt, a iniciativa destaca o potencial de Mato Grosso na agroindustrialização. “O estado está em um vertiginoso crescimento agroindustrial e, consequentemente, econômico. O Sistema Fiemt tem um papel fundamental nesse avanço, seja apoiando as indústrias na importação e exportação, bem como auxiliando a implantação de negócios no estado”, diz.

 A comitiva chinesa, liderada pelo gerente-geral do projeto da Fufeng no Brasil, Jinzhao Xu, já visitou as cidades de Sorriso, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Rondonópolis e Cáceres, com o objetivo de identificar o local ideal para a expansão do negócio. “Queremos que a nossa nova planta fabril fique próxima de onde tenha o maior número possível de produção de milho”, diz Jinzhao.

No que depender de Mato Grosso, a Fufeng não terá dificuldade em encontrar matéria-prima, haja vista que o estado se mantém na liderança como o maior produtor de milho do país, com 38% da produção nacional.

Atualmente, a empresa chinesa está presente na América do Norte, Ásia, Europa, e projeta chegar na América do Sul pela primeira vez, em território mato-grossense. Com produtos comercializados em mais de 115 países, a Funfeng realizou uma venda total de US$ 3,9 bilhões em 2023, emprega 20 mil funcionários e se destaca como um dos maiores produtores mundiais de goma xantana, glutamato monossódico (MSG) e aminoácidos.

Pela empresa chinesa, participaram da reunião o engenheiro sênior de termoeletricidade, Tianqing Yang, o gerente de relações comerciais internacionais, Yawei Li, além do intérprete de português, Yuhang Zheng. Estava presente também o coordenador de Comércio Exterior da Sedec, Leonardo Figueiredo.

A visita contou ainda com a presença de representantes da Fiemt, entre eles, o gerente de Relacionamento e Desenvolvimento Industrial, Lucas Barros, o coordenador de Internacionalização, Antônio Lorenzi, e os especialistas do setor, Guilherme Junglaus e Giulia Correa, juntamente com Katiane Toldi e Juliana Lotufo, do Observatório da Indústria do Sistema Fiemt.

A reunião teve a participação do diretor executivo da Barralcool, Gabriel Portocarrero, e do diretor da Cooperativa Agrícola de Produtores de Cana Campo Novo Parecis (Coprodia), Pedro Santos. Estiveram também no encontro o Sindicato Intermunicipal das Indústrias Químicas do Estado de Mato Grosso (Sindiquimi-MT),a Indústria de Bioenergia do Mato Grosso (Bioind) e a empresa Cloro MT.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários