Cuiabá, 15 de Julho de 2024
Notícia Max
15 de Julho de 2024

ESPORTE Segunda-feira, 28 de Novembro de 2016, 16:06 - A | A

Segunda-feira, 28 de Novembro de 2016, 16h:06 - A | A

Bola Oval

Cuiabá Arsenal perde após campanha invicta de treze jogos

Flagbol feminino vence no amistoso pré-jogo por 33 a zero contra o Luverdense

Junior Martins

O Cuiabá Arsenal foi superado pelos catarinenses do Timbó Rex por placar de vinte a sete, na semifinal da Superliga Nacional de Futebol Americano, em partida realizada no último sábado (26.11), para 2130 torcedores na Arena Pantanal, em Cuiabá. Derrota que encerrou a temporada e a invencibilidade de 13 jogos, sendo 8 pela Superliga e cinco pelo estadual mato-grossense. E agora a equipe, entre as quatro melhores do país, assiste a final entre T-Rex e Flamengo.

 

“Erramos muito cedo no jogo. Levamos interceptação, fizemos cobertura errada e não saímos do bloqueio deles. No segundo tempo crescemos em cima, impedimos de marcassem mais, diminuímos a diferença do placar, mas não o suficiente para nos recuperarmos das falhas do início do confronto. Não conseguimos executar nosso plano e num jogo como esse não se pode errar. Fizemos uma ótima batalha, mas infelizmente perdemos”, diz o técnico, Kenneth Joshen.

 

De acordo com o presidente do Cuiabá Arsenal (AACA), Paulo Cesar Machado, o momento é de reflexão para toda a diretoria e jogadores, de fazer o balanço do ano e somente depois analisar como será a próxima temporada. E, segundo ele, numa avaliação precoce, foi um bom ano por terem sido alcançados números maiores de público, maior quantia de novos atletas nas seletivas (try outs) e o segundo título de campeão estadual 2016.

 

Scout

 

1º Quarter – O Cuiabá Arsenal fez o kickoff da partida (chute inicial). E o Timbó Rex abriu o placar com touchdown de corrida com Well Garcia. O ponto extra foi convertido por Diego Boddenberg (07x00). Logo depois o Cuiabá Arsenal sofre uma interceptação seguida de touchdown com Luis Polastri. O extra point é chutado para fora por Boddenberg e o placar fecha nos 13x00.

 

 

2º Quarter – A chuva não dá trégua e a defesa do T-Rex segue no domínio. Até marcarem com passe do quarterback catarinense Luis Bassani para o wide receiver Ivan Tonolli. Com direito a bom ponto extra convertido. E o T-Rex começava a garantir a vaga na final da Superliga Nacional de Futebol Americano, final nomeada de Brasil Bowl, com placar de 00x20.

 

3º Quarter – O Cuiabá Arsenal retorna do intervalo motivado a virar a partida. Eles assumem o controle do jogo e logo pontuam com touchdown de passe do quarterback Daniel ‘Dandan’ Pereira para o wide receiver Kenneth Joshen. E o kicker Raulin Leal confirma ponto extra dentro das metas e registra 20x07. A torcida cuiabana se sente animada e coloca pressão no adversário.

 

4º Quarter – O ataque do T-Rex foi anulado pela defesa cuiabana no segundo tempo de jogo (3º e 4º quarters). No máximo tentam um field goal longo e Boddenberg chuta baixo. O ataque do Cuiabá Arsenal avança, arrisca várias vezes ao trocar o punt dos quartos downs por jogadas para fechar as dez jardas do drive, mas não consegue finalizar. E o placar se mantém nos 20x07.

 

Flag

 

A partida de semifinal da Superliga Nacional de Futebol Americano, o campeonato brasileiro da modalidade (1ª divisão), teve como pré-jogo um confronto amistoso de flag football feminino entre Cuiabá Arsenal feminino versus Luverdense Overwhelming. Em que as meninas do Arsenal venceram por placar largo de 33 a zero.

 

“A equipe feminina de flagbol do Arsenal foi criada ano passado (2015). De lá para cá fizemos vários jogos, mas só tivemos derrotas. Essa foi a primeira vitória. E acredito que isso seja reflexo das mudanças na estrutura técnica dos treinos, desde alterações de treinador até formato de treino. Agora continuamos em preparação para o Circuito Nacional de Flag de 2017”, disse a coordenadora, Jordanna Vasconcelos.

 

Texto e foto: Junior Martins

 

Assessoria AACA – www.clippingcom.com

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários