Cuiabá, 19 de Julho de 2024
Notícia Max
19 de Julho de 2024

POLÍCIA Quinta-feira, 01 de Dezembro de 2016, 17:47 - A | A

Quinta-feira, 01 de Dezembro de 2016, 17h:47 - A | A

IRREGULARIDADES

Força tarefa interdita garimpo de Poconé

GD

Divulgação PRF

 PRF

Trabalhador que portava arma em garimpo também tinha mandado de prisão em aberto

Força tarefa atua na fiscalização de mineradoras na região de Poconé (104 km ao sul) e constata irregularidades. Ação deve se estender até a próxima semana e conta com apoio do efetivo da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

 

Dos três garimpos fiscalizados na quarta-feira (30), um deles foi interditado por auditores fiscais da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego e Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

 

Segundo informações da assessoria da PRF, entre 20 e 50 trabalhadores irregulares, sem registro, atuavam em cada um dos locais fiscalizados, em condições precárias.

 

Constatada a ausência de equipamentos mínimos de segurança. Entre eles a falta de corrimãos nas escadas, fiação elétrica exposta e equipamentos sem proteção foram os principais problemas constatados.

 

Ausência de equipamentos de segurança pessoal por parte dos trabalhadores também foi presenciada em todos os garimpos. Apesar da precariedade, não foi constatado flagrante de trabalho análogo a escravidão.

Em um dos alvos, mineradora localizada no quilômetro 60 da rodovia estadual MT-060, os policiais apreenderam 3 armas de fogo sem registro. Segundo os trabalhadores, o armamento pertenceria ao proprietário da lavra.

 

O homem, que transportava uma das armas quando a equipe da PRF chegou, foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil de Poconé.

 

Mais tarde, na delegacia, foi constatado que contra ele havia um mandado de prisão em aberto por homicídio.

 

Ao todo foram apreendidos uma espingarda calibre 12 com 22 munições intactas, uma pistola taurus 765 com 10 munições intactas e uma espingarda 28 com 3 cartuchos vazios.

 

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários