Cuiabá, 18 de Maio de 2024
Notícia Max
18 de Maio de 2024

POLÍCIA Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016, 13:20 - A | A

Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016, 13h:20 - A | A

BAIRRO SEGURO

Operação cumpre 493 mandados em Mato Grosso

Da Redação

 

A Secretaria de Estado de Segurança Pública deflagrou na manhã desta sexta-feira (02.12) mais uma etapa da Operação Bairro Seguro, com foco no combate aos crimes de homicídio, roubo e o tráfico de drogas.

A ação integrada abrange todos os municípios de Mato Grosso e reúne mais de 2 mil profissionais das forças de Segurança Pública, entre policiais civis e militares, bombeiros, perícia técnica e agentes do Detran.

O objetivo inicial é cumprir 191 mandados de prisão e 302 mandados de busca e apreensão. O efetivo envolvido diretamente nesta etapa inclui 916 policiais civis, 1175 policiais militares e 350 viaturas, com apoio das aeronaves do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

Estratégia inclui ainda centenas de ações ostensivas e preventivas ao longo das próximas 24 horas, tais como blitzes, bloqueios, fiscalização de estabelecimentos comerciais e abordagens de veículos e pessoas.

"Mais uma vez vamos demonstrar a capacidade de integração e, mais importante, de interação entre as forças de segurança pública. Só assim é possível concretizar uma operação desse porte . Quem ganha é a sociedade, que se sente mais segura", disse o secretário Rogers Jarbas.

BAIRRO SEGURO

Desenvolvida com o apoio de lideranças comunitárias, a estratégia da “Bairro Seguro” vem sendo colocada em prática desde abril, com resultados positivos para a redução de homicídios a crimes patrimoniais.

"A Operação Bairro Seguro é fruto de um planejamento integrado em todos os níveis de ação: estratégico, tático e operacional. Atendemos demandas que estavam reprimidas. Tivemos vários pedidos das comunidades para que intensificássemos o policiamento, aumentando o número de policiais e viaturas nas ruas. Alinhamos as demandas comunitárias com as questões técnicas das análises criminais da secretaria”, disse o secretário.

SUSPEITOS DE CRIMES É PRESO

A operação já contabiliza prisões e apreensões em diversos municípios do Estado. A Polícia Judiciária Civil e a Polícia Militar cumpriram 23 mandados de busca e apreensão em bairros com denúncias do comércio ilícito de drogas, as chamadas bocas de fumo.

Os levantamentos foram feitos pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), em cima de denúncias apuradas.

As buscas foram realizadas em endereços denunciados pela movimentação do tráfico doméstico de maconha e pasta-base, localizados em bairros da capital como Santa Isabel, São Francisco, Pedra 90, Tijucal, Monte Castelo, Eldorado e em Várzea Grande nas localidades dos bairros Mapim, Capela do Piçarão, Manancial, São Matheus, entre outras regiões das duas cidades.

Também foram cumpridos quatro mandados de prisão temporária de pessoas suspeitas de tráfico de drogas e presas quatro pessoas em flagrantes, sendo três na posse de drogas e uma com um simulacro de arma de fogo. Foram apreendidos mais 35 papelotes de drogas (pasta base e maconha), 420 maços de cigarro contrabandeado, R$ 3 mil, apreendidas duas armas de fogo (espingarda e revólver) e um simulacro, entre outros.

SINOP

Trinta e cinco mandados de prisão foram cumpridos na Penitenciária Osvaldo Florentino Leite Ferreira, conhecida por Ferrugem, no município de Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá), na operação integrada da Segurança Pública.

Conforme o delegado regional de Sinop, Sérgio Araújo, 19 presos na unidade estavam com mandados de prisão em aberto, decretados por outros crimes cometidos em comarcas diversas. “Eles foram cientificados do cumprimento das ordens judiciais para que respondam os processos enquanto presos”, disse o delegado.  

O delegado informou que há ordens de prisão das comarcas de Sorriso, Vera, Feliz Natal, Sinop, Cuiabá, Santo Antônio do Leverger, Pará, Mato Grosso do Sul, e outras. Alguns dos presos tinham mais de um mandado decretado. Os principais crimes, os quais respondem são roubos, tráfico de drogas, homicídio e latrocínio.

COMODORO

Na cidade de Comodoro (644 km a Oeste de Cuiabá) um foragido do estado de Rondônia foi preso. O suspeito, Jomar Neves da Silva, 40 anos, era procurado pelo crime de homicídio qualificado cometido em Ariquemes (RO), no ano de 2007, contra Augusto Sérgio da Silva. O suspeito é morador do município em Comodoro e, na ocasião do crime estava em Rondônia a trabalho, quando discutiu com a vítima e a matou por motivo fútil.  Em 2009, o suspeito sofreu um acidente automobilístico e ficou paraplégico.

BARRA DO GARÇAS

No município de Barra do Garças (509 km a Leste de Cuiabá) a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), com apoio do Núcleo de Inteligência, prendeu dois suspeitos de furtos com arrombamentos a caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal (CEF) e da Cooperativa do Sicred. Os suspeitos estavam em poder de um veículo com placa clonada.

O veículo com a placa verdadeira e semelhante ao carro adulterado que circulava em Barra do Garças foi localizado na cidade de Juiz de Fora, Minas Gerais. O automóvel adulterado foi apreendido e submetido à perícia técnica, que em laudo preliminar, constatou a fraude no carro. Os suspeitos responderão pelo crime de receptação.

Em outra situação, os policiais efetuaram a prisão em flagrante de uma mulher impedida de exercer a atividade jurídica, por decisão administrativa. A advogada Ana Patrícia Souza Lobo Pereira da Silva se apresentou na Delegacia de Roubos e Furtos na posse de procuração de um investigado, que lhe outorgava poderes para acompanhar procedimentos relativos a ele na unidade policial. Em checagem junto a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MT), os policiais constataram que a inscrição da advogada estava suspensa. Ela respondeu termo circunstanciado de ocorrência pelo crime previsto no artigo 205 do Código Penal.

TANGARÁ DA SERRA

Em Tangará da Serra (239 km a Médio-Norte de Cuiabá), a operação Bairro Seguro, oito pessoas foram presas em flagrante durante cumprimento de mandados de busca e apreensão, em pontos de comércio de entorpecente (boca de fumo), com eles apreendidos porções e apetrechos usados no tráfico.

No município de Sapezal (480 km a Noroeste de Cuiabá), que pertence a circunscrição da Região Integrada de Segurança 7 (RISP 7) quatro suspeitos de crimes foram presos na operação, sendo um homem acusado de homicídio e três assaltantes.

RONDONÓPOLIS

Três homens, sendo dois autores de roubo e um de tentativa de homicídio, foram presos no município de Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá), após praticarem os crimes na tarde de quinta-feira (01.12). Uma motocicleta utilizada nos crimes também foi apreendida. 

Nas ações imediatas das equipes da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), e Delegacia Especializada de Homicídio (DHPP) de Rondonópolis, o suspeito Matheus Rebert de Paula Sousa, 18, foi autuado em flagrante logo depois da tentativa de homicídio cometida contra três pessoas, que foram alvejadas por disparos de arma de fogo. 

O fato motivado por um possível “acerto de contas” aconteceu às 14h da tarde de quinta-feira (01), em um lava jato no bairro Monte Líbano, quando Matheus na companhia de outro indivíduo chegou ao local armado. Ao perceber a chegada da dupla, o funcionário do estabelecimento Carlos Eduardo, armado efetuou tiros contra os dois, iniciando uma troca de tiros.

Na ocasião três pessoas foram baleadas, Matheus e Carlos Eduardo foram atingidos na perna, e uma terceira pessoa que estava no lava jato foi ferida no braço. Em seguida, mesmo atingido Matheus e seu comparsa conseguiram foragir do local. Já Carlos Eduardo e o cliente foram socorridos e encaminhados para o Hospital de Rondonópolis. 

Dando continuidade as ações da operação, os jovens Diheferson Honorato Schimitt, 19, e Jonathan Fernando da Silva, 24, foram presos em flagrante por roubo majorado e associação criminosa.

 

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários