Cuiabá, 14 de Junho de 2024
Notícia Max
14 de Junho de 2024

POLÍTICA & PODER Quinta-feira, 10 de Junho de 2021, 14:28 - A | A

Quinta-feira, 10 de Junho de 2021, 14h:28 - A | A

OPERAÇÃO DA DECCOR

Emanuel: “Quando a Prefeitura consegue conquistas, acontecem fatos estranhos”

O chefe do Executivo explicou que está levantando elementos sobre os fatos e que se posicionará sobre o abuso de poder em breve

Redação

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), afirmou nesta quinta-feira (10), durante o lançamento das obras de implantação do Sistema Lipa de Esgotamento Sanitário, que “estranha” a 2ª fase da Operação Overpriced, deflagrada pela Delegacia Especializada de Combate a Corrupção (Deccor) e pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco).

O chefe do Executivo explicou que está levantando elementos sobre os fatos e que se posicionará sobre o abuso de poder em breve.

“Toda hora que a Prefeitura de Cuiabá consegue grandes conquistas para a cidade, acontecem fatos estranhos. Mas, se for de conduta de servidor, algo que venha desabonar a nossa gestão, tem todo o meu apoio, tem toda a minha colaboração e a minha determinação é ser colaborativo com todas as ações de investigação e transparência”, disse o prefeito cuiabano.

“Eu não gosto de atacar as instituições, membros que compõem as instituições é que são passíveis de erros. Membros dessa instituição já tem indícios muito fortes de abusos e perseguição com o intuito de atingir o prefeito e a gestão Emanuel Pinheiro, mas em muito breve eu vou me manifestar sobre isso”, garantiu.

Sobre as investigações, o prefeito relatou que a prefeitura já tinha tomado as atitudes necessárias logo após a deflagração da primeira fase da operação, em outubro de 2020.

“A gestão já havia suspendido desde a primeira operação, em outubro do ano passado, no auge da eleição, já tínhamos determinado a suspensão de pagamento para essa empresa. Me falaram que pediram afastamento de servidores que já foram exonerados lá atrás”, explica Pinheiro.

Emanuel Pinheiro disse ainda que primeiro vai se inteirar do caso. “Eu não tomei pé da situação. Foi a suspensão dos pagamentos que foi de pronto autorizado pela juíza. Nós já tínhamos suspendido, desde a primeira fase da operação, em outubro do ano passado, no auge da eleição, nós já tínhamos determinado a suspensão do pagamento para essa empresa. Depois que eu entender bem, vou me manifestar”, declarou.

 

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários