Cuiabá, 15 de Julho de 2024
Notícia Max
15 de Julho de 2024

BRASIL Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2016, 12:27 - A | A

Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2016, 12h:27 - A | A

AGRADANDO O CONGRESSO

Governo deve liberar R$ 7 bi de emendas parlamentares

MSN

A dois dias do fim do ano, o governo tenta agradar a sua base aliada no Congresso e vai anunciar a liberação de emendas parlamentares. Interlocutores do presidente Michel Temer disseram que o total a ser anunciado nesta quinta-feira será de 7,29 bilhões de reais. Deste total, 6,45 bilhões de reais correspondem a emendas impositivas e restos a pagar desde 2007 e outros 840 milhões de reais àquelas de bancada.

 

Os valores foram fechados nesta quarta-feira, mas podem sofrer alterações. As emendas são consideradas fundamentais na relação do Palácio do Planalto com o Congresso e, historicamente, o governo usa esse pagamento para facilitar a aprovação de projetos de seu interesse.

 

Embora tenha registrado taxa recorde de governismo na Câmara, com deputados seguindo orientação do Planalto em 88% das votações nominais, Temer sofreu alguns reveses no Congresso nos últimos dias. O presidente decidiu acelerar o desembolso de verbas num momento em que vai precisar da base unida para votações importantes, como a reforma da Previdência.

 

A tentativa de criar uma agenda positiva ocorre após Temer vetar a decisão da Câmara de derrubar as contrapartidas que Estados precisam cumprir para a recuperação fiscal, no projeto de renegociação das dívidas. Naquela ocasião, o Planalto sofreu uma derrota. Dias antes, o governo havia conseguido aprovar no Senado a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que limita os gastos públicos, mas obteve oito votos a menos em relação à primeira votação. Em público, no entanto, o Planalto não admite problemas com a base aliada.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários