Cuiabá, 23 de Maio de 2024
Notícia Max
23 de Maio de 2024

CIDADES Segunda-feira, 31 de Outubro de 2016, 15:45 - A | A

Segunda-feira, 31 de Outubro de 2016, 15h:45 - A | A

PREVENÇÃO

“Outubro Rosa” atende mais de mil mulheres em Várzea Grande

Da Redação

 

Desde o lançamento da Campanha Outubro Rosa  em Várzea Grande no dia  4 de outubro  até esta segunda-feira (31) foram realizados 2.176 atendimentos entre coletas de CCO e exames clínicos em 1.088 pacientes, conforme os dados do Sistema de Informação do Câncer (Siscan). Cada paciente que realiza a coleta de CCO também passa pelo exame clínico. Nesse período, também foram solicitadas 516 mamografias para mulheres acima de 40 anos, cujo tempo de realização do exame tem sido em média de 2 dias.

Nesta edição da campanha, a novidade foram os mutirões realizados em escolas e igrejas de bairros onde não existem Centros de Saúde e a cobertura nas ações voltadas para as mulheres costuma ficar abaixo do previsto.  Foram escolhidas oito escolas estaduais para receberem 12 mutirões que ainda estão em andamento e também as unidades básicas de saúde do Município. 

Conforme explica o responsável técnico pelo programa Saúde da Mulher em Várzea Grande, Franz Cleyton, o objetivo dos mutirões é levar atendimento, informação e prevenção ao maior número de mulheres possível a fim de ampliar a prevenção contra o câncer de mama e de colo de útero. Nas unidades de saúde do Município, os mutirões continuam até o dia 9 de novembro. Nesta segunda-feira (31 de outubro) será realizado mais um mutirão no Centro de Atenção Psicossocial (CAPs AD) às 14 horas e na Escola Licínio Monteiro a partir das 19 horas. 

“Escolhemos realizar esses mutirões em escolas que oferecem a modalidade do Ensino à Distância (EJA) porque o exame de CCO é feito em mulheres com idades entre 25 a 64 anos. E também para favorecer quem trabalha durante o dia e encontra dificuldades de ir até as unidades de saúde para realizar a coleta do material. Além disso, convidamos também a comunidade realizando mutirões em algumas igrejas para atingir o objetivo que é garantir a prevenção do câncer. Nas escolas é feito o exame clínico e coleta CCO ”, explica Franz. 

As ações e atividades realizadas pela Secretaria de Saúde de Várzea Grande voltadas para prevenção aos cânceres que acometem mulheres continuam nas unidades de saúde do Município até dezembro. Basta que a paciente procure as unidades de saúde: Policlínicas, Centros de Saúde, unidades do Programa de Saúde da Família (PSF) ou o Centro Integrado da Mulher (CIM) que funciona no Centro de Especialidades Médicas (CEM) conhecido como Postão. 

“Mesmo com o término da Campanha Outubro Rosa, até dezembro seguimos com os trabalhos focados na prevenção. Vamos continuar intensificando as ações na busca dessas mulheres, pois ainda temos metas a  serem alcançadas pelos serviços oferecidos pela rede Municipal de Saúde, pelas equipes que integram a rede de Atenção Básica da Saúde em Várzea Grande”, ressalta o Superintendente de Atenção Básica de Saúde, Geovane Renfro da Silva. 

Para isso, os técnicos e demais profissionais integrantes das equipes de saúde continuam realizando o monitoramento e acompanhando os trabalhos executados pelas bases que são as policlínicas, PSFs e Centros de Saúde, a fim de ampliar a cobertura e lançar todos os dados de atendimento e mamografias no Sistema de Informação do Câncer. 

“As mulheres podem procurar as unidades de saúde, onde já passam pelo médico da unidade que juntamente com a equipe já realiza a coleta de CCO. Cabe ao médico realizar o pedido de mamografia para as pacientes via Sisreg (Sistema Nacional de Regulação que funciona online). Assim que ocorre a liberação, a equipe da unidade entra em contato com a paciente para buscar a autorização para a mamografia”, concluiu Franz. 

 

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários