Cuiabá, 19 de Julho de 2024
Notícia Max
19 de Julho de 2024

ESPORTE Quinta-feira, 24 de Novembro de 2016, 17:30 - A | A

Quinta-feira, 24 de Novembro de 2016, 17h:30 - A | A

COMPETIÇÃO

Mato Grosso conquista mais dois ouros nas Paralimpíadas Escolares

Ouro foi nas modalidades de arremesso de pelota e 100 metros rasos. Também teve bronze no tênis de mesa

Redação

Marcio Camilo - Seduc/Sael-MT

Ela se tornou uma sensação das Paralimpíadas Escolares em São Paulo pela vontade de praticar esportes. E agora, Amanda da Silva Lima (12 anos) é a principal medalhista da delegação de Mato Grosso ao conquistar mais duas medalhas de ouro nesta quinta-feira (24), nas provas de arremesso de pelota e 100 metros rasos. Com essas conquistas, Amanda já faturou três ouros na competição que termina nesta sexta-feira (25).

A menina da cidade de Paranatinga (338 quilômetros de Cuiabá) teve quatro tentativas, no arremesso de pelota, para conquistar o ouro. Sua melhor marca foi 7, 89 metros. “A competição estava difícil, pois eu tive que superar uma adversária que tinha jogado a bola mais longe do que eu. Estou muito feliz por ter conseguido mais essa medalha”, disse.

Para sua técnica, Andressa Ueharo, o sucesso de Amanda nas paralimpíadas está no fato dela levar a competição sem grandes compromissos, até porque é a primeira vez que ela participa dos jogos. “Confesso que nesse primeiro ano eu não estava esperando medalhas. Tanto que eu conversei com ela para relaxar e quanto a isso e aproveitar a experiência”, salientou a treinadora.

Já outro ouro, na prova dos 100 metros rasos, foi conquistado por índice de tempo, já que não havia outra atleta que se enquadrasse junto com Amanda no processo de classificação por deficiência.

Nesta quinta, a delegação do Estado também teve resultados positivos na disputa do tênis de mesa. Samara Pinho (15 anos), da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae-Cuiabá), foi medalha de bronze na competição em dupla. Sua parceira nos jogos foi uma atleta da delegação do Amazonas.

A ida da delegação de Mato Grosso às Paralimpíadas Escolares em São Paulo é uma articulação do Governo do Estado, por meio da Superintendência de Políticas Esportivas da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc/Sael).

Também compõe o staff de Mato Grosso o secretário adjunto de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Marcione Mendes de Pinho.

Paralimpíadas Escolares

As Paralimpíadas Escolares são realizadas de 22 a 25 de novembro. São oito modalidades em disputa (atletismo, bocha, futebol de 7, goalball, judô, natação, tênis de mesa e tênis em cadeira de rodas), e todas elas terão provas no novíssimo CT Paralímpico, na Rodovia dos Imigrantes, na capital paulista.

Mais de 700 atletas de 12 a 17 anos estão inscritos para as Paralimpíadas Escolares deste ano. Eles representam 24 estados e o Distrito Federal (apenas Roraima e Piauí não têm competidores para esta edição). O evento é realizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB)

A delegação de Mato Grosso conta com 11 paratletas nas modalidades de natação, tênis de mesa, judô, atletismo, e tênis de quadra em cadeira de rodas.

 

Assessoria | Seduc/Sael-MT 

 

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários