Cuiabá, 23 de Julho de 2024
Notícia Max
23 de Julho de 2024

POLÍCIA Quinta-feira, 22 de Dezembro de 2016, 07:38 - A | A

Quinta-feira, 22 de Dezembro de 2016, 07h:38 - A | A

ROUBADOS EM CUIABÁ

Polícia recupera 56 apliques de cabelo estimados em R$ 50 mil em Cuiabá

Da Redação

Apliques de cabelo foram roubados de salão no Centro de Cuiabá (Foto: Divulgação/Polícia Civil de MT

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá recuperou, nesta quarta-feira 921), 56 apliques de cabelo natural que haviam sido roubadas de um salão no Centro da capital. As mechas, segundo a polícia, estão avaliadas em aproximadamente R$ 50 mil. Duas mulheres, de 30 anos e 31 anos, foram presas por roubo e receptação. O G1 não localizou a defesa das suspeitas.

 

O roubo aconteceu no dia 15 deste mês e, na ocasião, um rapaz de 19 anos foi preso. Segundo a polícia, ele e a comparsa entraram no estabelecimento se passando por clientes. Porém, enquanto eram atendidos, o rapaz sacou uma arma que carregava na cintura e anunciou o assalto.

 

Além dos apliques de cabelos, os dois também são suspeitos de exigir joias e objetos de valor das pessoas que se encontraram no salão. Logo após o roubo, o rapaz foi detido por policiais militares na Praça da República, em posse da arma usada no assalto e das joias e celulares roubados das vítimas.

 

Os apliques, por sua vez, foram recuperados após a polícia receber uma denúncia de que uma mulher iria vender o produto do roubo em uma academia no Bairro Cidade Verde. Ela foi abordada pela polícia quando chegava ao local em uma moto. No baú do veículo, a polícia encontrou dois apliques de cabelo.

 

Questionada, a suspeita disse que apenas estava vendendo o produto para sua amiga e que levaria os investigadores até a casa da outra suspeita, onde estavam guardados o restante dos apliques.

 

Na residência da suspeita de participar do assalto, localizada no Bairro Jardim Independência, os policiais encontraram mais 54 apliques de cabelo e um relógio dourado. As duas mulheres foram conduzidas a Derf.

 

Diante do flagrante, a vítima e proprietária do estabelecimento compareceu à delegacia e reconheceu os cabelos como os subtraídos no roubo. Após serem ouvidas, uma das mulheres irá responder em inquérito policial pelo crime de roubo. Já a segunda suspeita, que vendia os apliques, foi autuada em flagrante pelo crime de receptação.

CLIQUE AQUI e faça parte do nosso grupo para receber as últimas do Noticia Max.

0 Comentários